Aconchego, conforto e bem-estar para sua casa: conheça o Hygge!

Tendência inspirada no estilo de vida do país mais feliz do mundo, nos convida a viver em um ambiente mais aconchegante e tem apenas uma regra: aquele sentimento gostoso de acolhimento e bem-estar quando estamos em casa!

Por isso, o Hygge (lê-se “ruga”) já está se espalhando rapidamente ao redor do mundo, principalmente neste momento pós-quarentena onde passamos muito mais tempo dentro de casa e isso tem pedido algumas mudanças na decoração, cuja principal premissa é definitivamente o conforto.

Se você ainda não conhece essa tendência, apostamos que acabou de ficar mais interessado em se aprofundar no assunto, não é mesmo? Então vem com a gente que vamos te contar mais sobre como tornar o seu ambiente doméstico ainda mais especial e com jeitinho de “lar doce lar”!

Mais sobre o Hygge

O termo vem de uma palavra de origem norueguesa que significa, de uma forma bem resumida, “bem-estar” ou “aconchego”. Apareceu pela primeira vez escrita em dinamarquês no século 19, e desde lá evoluiu para a ideia cultural que se conhece hoje na Dinamarca.

Logo, Hygge é uma palavra que expressa um sentimento ou uma atitude perante a vida que ajudou a Dinamarca a superar a Suíça e a Islândia no ranking mundial da felicidade! Os dinamarqueses insistem que Hygge não é algo a ser traduzido, apenas sentido.

O povo dinamarquês sabe aproveitar os pequenos e grandes prazeres da vida, e situações como um jantar com os amigos, saborear um bom vinho em frente a lareira, dormir até mais tarde, passear com o cachorro ou apreciar um bom livro podem ser um exemplo de Hygge, mas isso vai depender do que causa sensação de bem-estar e felicidade para cada pessoa.

Ou seja, o Hygge depende muito da percepção de cada um, e isso é o que o você precisa ter em mente na hora de trazer esse conceito para a sua vida. Mas uma boa dica com certeza é reservar um tempo para cuidar de si mesmo e se permitir momentos de prazer, priorizando atividades que lhe proporcionam bem-estar.

Neste contexto, o lugar onde você vive é um fator fundamental, portanto lembre-se que a UNE Norte está sempre pronta para ajudar você a encontrar o imóvel ideal, que combine com seu jeito de ser e será o cenário de seus momentos Hygge!

Quando o assunto é decoração, vale investir em características que construam um ambiente Hygge, promovendo essa sensação quando você está curtindo seu lar, seja em companhia de pessoas queridas ou na sua própria.

Como trazer o Hygge para sua casa

Como você já pôde ver até aqui, o estilo Hygge de viver preza por conforto e bem-estar! Sobretudo, reflita o que isso significa para você. Sobretudo, existem alguns aspectos que predominam nesta tendência, como a máxima valorização da luz natural nos ambientes, matérias-primas naturais e plantas, texturas macias e aconchegantes.

Listamos algumas dicas com diferentes possibilidades para você aplicar na sua casa e deixar ela ainda mais gostosa e acolhedora para que você curta cada centímetro do seu cantinho!

Luz natural

Um fator que marca uma forte presença no estilo hygge devido a necessidade dos noruegueses aproveitarem ao máximo as poucas horas de luz nos seus invernos. Porém, e iluminação natural é sempre uma ótima escolha, sendo a queridinha dos fotógrafos, ela dá um toque especial aos ambientes, deixando tudo mais bonito e confortável aos olhos.

Cores suaves

Cores como cinza, branco e bege costumam predominar seguindo a lógica do tópico acima, pois elas ajudam a refletir a luz e potencializar o aproveitamento da iluminação natural nos ambientes. Por isso, normalmente você verá imagens de ambientes nestas cores quando pesquisar sobre a decoração hygge. Elas podem estar presentes nas paredes, móveis e objetos decorativos.

Materiais naturais

O uso de materiais naturais nos ambientes também costuma ser bem marcante na decoração hygge, já que eles dão um toque rústico e acolhedor, também porque estão muito presentes na decoração escandinava, o berço do hygge. Invista em muita madeira, cordas, vime, tecidos variados e palha.

Texturas macias

Sabe aquela sensação gostosa quando você passa a mão, o pé ou se deita sobre algo macio? É disso que estamos falando. Por isso, independente do clima na sua região, vale a pena encontrar um tecido que proporciona esse conforto. Pode ser um tapete felpudo, uma manta sedosa, a colcha da cama, almofadas, e por aí vai!

Almofadas

Falando em almofadas, elas merecem um destaque especial! Versáteis, podem ser utilizadas em diferentes ambientes: no quarto, na sala, no escritório, em cima da cama, do sofá, no chão em cima do tapete, e até substituindo as cadeiras ao redor da mesa de jantar, por que não? Use sua criatividade e encontre a sua forma de incluir esse item fofinho na sua casa, quanto mais, melhor!

Luminárias

As luminárias são excelentes para compor a decoração e, como uma opção secundária de iluminação, principalmente a noite, deixam o ambiente mais gostoso, com aquela iluminação mais sutil. Prefira utilizar lâmpadas de luz amarela, pois elas são mais aconchegantes.

Velas

Falando sobre iluminação aconchegante, não podemos esquecer das velas! Um item clássico e também muito versátil na decoração, que pode ser utilizado em estantes, suportes aéreos, em cima de mesas ou até mesmo no chão (se você não tiver crianças ou animais em casa). Exige um pouco mais de cuidado e atenção, mas com a devida segurança, deixa qualquer ambiente mais acolhedor!

Aromas

O olfato tem um poder incrível de nos levar para lugares, memórias e emoções! Revivemos momentos especiais, lembramos de pessoas queridas, ou mesmo nos relaxam ou nos animam. A aromaterapia ser uma ótima aliada para promover equilíbrio emocional e ainda tornar nosso lar mais acolhedor, com aquele cheirinho que a gente gosta!

São muitas as opções: aromatizantes, sachês, difusores, incensos e inclusive as velas, que podem ser aromáticas! Encontre a melhor opção para você.

Objetos decorativos pessoais

Nossa última dica, e talvez a mais importante para trazer o hygge para sua casa: objetos carregados de personalidade. Aquelas coisas que são realmente a sua cara. Objetos de infância, da casa da vó, fotografias de lugares que você já foi e momentos especiais com as pessoas que você ama, referências de coisas que você gosta como séries, filmes, músicas e outros assuntos que você se identifique.

Gostou das nossas dicas?! Agora você já conhece o jeito hygge de viver e pode trazê-lo para o seu dia a dia. Afinal, nada melhor do que deixar a casa do jeitinho que a gente gosta, não é mesmo? 

Seu lar pode ser o seu lugar preferido no mundo, e isso com certeza ajudará a elevar a sua qualidade de vida, melhorando sua saúde mental e multiplicando seus prazeres diários, essenciais para uma vida plena e feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se e receba as informações exclusivas desse lançamento no Parque UNA

Arquiteta e Urbanista e Especialista em Arquitetura de Interiores. Atualmente realiza seus trabalhos em Pelotas e em Porto Alegre. Desenvolve seus trabalhos com conhecimento técnico, responsabilidade e dedicação. Mas acredita que a arquitetura vai além do espaço, e que está diretamente ligada às sensações, comportamentos e sentimentos. Onde cabe ao profissional personalizar a essência do usuário e qualificar o espaço. Considera um privilégio fazer parte de cada história e ver cada traço do projeto saindo do papel exatamente da forma que foi planejada por ela!
Arquiteta e Urbanista formada pela Universidade Católica de Pelotas – UCPel, com 7 anos de experiência em Projetos de Interiores, Arquitetônicos e Paisagismo. Hoje, também atua com trabalhos de consultorias e mentoria em arquitetura, laudos técnicos e acompanhamentos de obra. Além disso, é empreendedora e cofundadora do projeto Elo Colaborativo, colunista da Revista Toda Casa e tem forte atuação nas redes sociais com criação de conteúdos para arquitetura.
Formada pela UCPEL em Arquitetura e Urbanismo no ano de 2008 e com especialização em Eng. de Segurança, a arquiteta Lilian Sampaio atua no mercado de Arquitetura Residencial e Comercial com ênfase em Projetos de Interiores, tendo como conceito para seu processo criativo a “Arquitetura Sinestésica”, que busca estimular o inconsciente e o despertar de sensações.
Graduada pela UCPEL, no ano de 2013, iniciou carreira profissional trabalhando com outros Arquitetos, com eles adquiriu muita experiência e aprendizado, estagiou desde cedo, porque acreditava que era através do dia a dia que aprenderia a verdadeira Arquitetura. Em um dos escritórios, o que passou a maior parte da vida acadêmica, foi estagiária e logo após formada foi contratada, dois anos depois foi convidada a ser sócia. No ano de 2017 iniciou sua jornada, colocando sua marca nos Projetos, estando a frente do seu escritório, o EADK (Estúdio de Arquitetura e Design), e assim, vem ganhando cada vez mais espaço. No momento desenvolve projetos de Arquitetura Residencial, Projetos e Design de interiores (residencial e comercial) e reformas, atua na cidade de Pelotas e Santa Vitória do Palmar (cidade Natal).

Joana Rocha é arquiteta e design de interiores. Formada pela Universidade Católica de Pelotas e pós -graduanda pelo Ipog de Porto Alegre. Ama trabalhar com criação e transformação de espaços. No ponto de vista de Joana a arquitetura é capaz de transformar a vida das pessoas, pois ela está presente no cotidiano de todos.  Além disso, acredita que a arquitetura, o  design e a arte, andam de  mãos dadas e são inseparáveis.

Um espaço bem pensado de acordo com o estilo de vida, personalidade dos usuários faz toda a diferença.

Atua em arquitetura de interiores, projeto arquitetônico, paisagismo e regularizações, também trabalha com arquitetura modular.

Há 17 anos formada na UFPEL, começou fazendo um pouco de tudo em um escritório em Poa no ano de 2003, depois trabalhou com Stands e também atuou no mercado de móveis planejados, desde 2013 em Pelotas atua fortemente com projetos comerciais, reforma de interiores e alguns projetos arquitetônicos.

Formou-se na Universidade Católica de Pelotas em 2010. Trabalha nas áreas de arquitetura e execução para arquitetônicos, interiores, paisagismos, decorações, consultorias e regularizações, tanto na área residencial, como na área comercial e institucional. O atendimento diferenciado, personalizado, proporciona a interatividade entre a arquiteta e o cliente, fazendo projetos adequados à necessidade de cada um.

Atua há 15 anos com projeto e execução de ambientes comerciais, residenciais, interiores e paisagismo. Sua formação em Arquitetura e Urbanismo, pela UFPEL, foi complementada por uma especialização em construção civil, pelo NORIE / UFRGS, e posteriormente pelo mestrado em Arquitetura e Urbanismo na área da Percepção Ambiental com foco em habitação e envelhecimento. No seu trabalho desenvolve soluções para as diferentes fases da vida: nascimento, infância, adolescência, fase adulta e envelhecimento. Seu propósito é traduzir os desejos dos clientes em ambientes que valorizem a estética e funcionalidade, mas acima de tudo, que tragam bem estar e representem a personalidade de quem irá usar o lugar.

Andréa Buss Tessaro, paranaense, mora há 15 anos em Pelotas, formada pela Ucpel em fevereiro de 2016 em Arquitetura e Urbanismo, atuando desde então em escritório próprio. Hoje seu escritório é localizado no Parque Una, no container 29. 

Atua em arquitetura de interiores, projeto arquitetônico, paisagismo e regularizações, também trabalha com arquitetura modular.

Arquiteta Tamara Janovik Trabalha nas áreas de arquitetura e execução para projetos arquitetônicos, interiores, paisagismos, consultorias e regularizações. Sua meta é desenvolver projetos exclusivos para cada cliente, proporcionando beleza, conforto e praticidade.