Por que investidores estão trocando seus ativos na bolsa de valores por imóveis

Em menos de dois meses a bolsa de valores já acumulou mais de 39% em quedas, o que reduz o valor de mercado das cias brasileiras que já perderam 1 trilhão de reais no atual cenário mundial econômico . Tudo isso devido a fatores externos que estouraram por aqui, como a propagação do coronavírus (COVID-19) e a crise do petróleo.

Com isso, muitos investidores estão vendo seus ativos na bolsa de valores despencando a cada dia, o que leva a procura de ativos mais seguros. Podemos citar o caso dos imóveis, que podem ter uma excelente rentabilidade e apresentam grande solidez.

Para ajudar você a entender melhor esse movimento da bolsa de valores, fizemos este texto explicando mais sobre os motivos de muitos investidores estarem vendendo seus ativos na bolsa para recorrer a investimentos mais seguros, como os imóveis. Fique ligado e saiba mais!

Instabilidade no mercado financeiro global reflete na bolsa de valores

Então, como você já deve saber, foi declarado pela Organização Mundial da Saúde – OMS no dia 11 de Março de 2020 que estamos em meio a pandemia do coronavírus (COVID-19). Esse vírus que nasceu na China e de lá já se espalhou por diversas regiões do planeta. 

Mas, qual a relação disso com a economia e consequentemente na bolsa de valores? É o que nós vamos te explicar nos tópicos abaixo.

Entenda a influência do coronavírus na cotação do dólar e na bolsa de valores

Como já vimos, a pandemia iniciou sua propagação na China, que é considerada a segunda maior economia do mundo e um dos principais pontos de partida de muitos produtos e insumos.

Por isso, quando o país fechou suas fábricas e fronteiras na tentativa de conter o avanço do vírus, gerou uma reação na cadeia global que prejudicou o fluxo de suprimentos e da produção industrial em diversos países, incluindo o Brasil. 

Além de ser um dos maiores exportadores do mundo, a China também é um grande importador de insumos, como por exemplo a soja, o minério de ferro e o petróleo, o que afeta bastante a economia brasileira. 

Afinal, os investidores enxergam muitos riscos em continuar investindo em ações de empresas que comercializam estes produtos, o que faz com que há muita oferta nessas ações na bolsa de valores e os preços despencam.  

As quedas podem ser bruscas e repentinas em cenários de incerteza como este, então é natural que os investidores busquem por ativos considerados mais seguros. 

E no caso do Brasil, onde não há tanta exportação para os EUA, entra menos dólar no país, o que diminui a oferta da moeda por aqui e faz com que o preço suba. Justamente por isso a moeda americana está supervalorizada por aqui, inclusive batendo recordes.

O que podemos observar no cenário do mercado financeiro no Brasil em meio a crise

A pandemia chegou de surpresa, logo, não é possível medir o real impacto que terá sobre a economia global. Toda essa incerteza fez com que as ações entrassem em uma espiral de baixa, provocando até agora já quatro interrupções das negociações na bolsa, o que é chamado de “circuit breaker”. Essa frequência foi inédita.

Na última segunda-feira, 16 de março, após a bolsa abrir em queda de mais de 12%, ocorreu mais uma interrupção. “A gente não sabe onde está o fundo do poço“, afirmou o fundador e CEO da plataforma de comparação de investimentos Yubb, Bernardo Pascowitch, em reportagem para UOL Economia

Ainda, a Arábia Saudita cortou o valor de venda do barril de petróleo depois que as negociações da Organização dos Países Exportadores de Petróleo – Opep. Foi uma tentativa de aquecer artificialmente os preços em meio a crise, tentativa frustrada. O que ocasionou um recuo de mais de 20% nos contratos futuros de petróleo, desvalorizando as empresas deste segmento, um dos mais fortes no Brasil.

Bolsa de valores: Previsão de queda

Sobretudo, instituições que projetavam o Ibovespa – principal índice da Bolsa brasileira – entre 130 mil e 140 mil pontos no final do ano estão revendo suas projeções: para os especialistas de mercado, a recuperação será lenta, e a bolsa poderá cair ainda mais antes de apresentar sinais de recuperação.

Não é a toa que muitos investidores estão alarmados, vendendo ativos na bolsa e buscando alternativas mais seguras para rentabilizar seu dinheiro. E nós vamos ajudar você a entender como investir em imóveis pode ser altamente lucrativo, além de ser um os modelos de investimento mais seguros. Continue a leitura dos próximos tópicos e saiba mais!

Investir em imóveis é seguro e pode ser altamente rentável

Você provavelmente já ouviu falar sobre a segurança que este tipo de investimento oferece, afinal de contas o imóvel é um bem de alto valor, que se torna parte do seu patrimônio e, o que você talvez ainda não saiba, é que, além de ser altamente rentável, com a estratégia correta, ainda pode oferecer uma alta liquidez.

Enquanto investir na bolsa de valores, por exemplo pode gerar grandes rendimentos, porém é extremamente arriscado, pois está sujeito a fatores externos e que tomam grandes proporções de maneira rápida.

Logo, comprar imóveis é muito mais rentável que a poupança e muito mais seguro que investir no mercado financeiro. Neste segmento a solidez é uma das características mais marcantes, portanto, quem investe em imóveis forma um patrimônio consistente, que servirá como uma garantia diante de qualquer situação na economia nacional. 

Comprar um imóvel é a garantia de que você não vai perder o dinheiro investido, e ainda possui excelentes oportunidades de ganhos de acordo com a valorização.

 

Comprar um imóvel é a garantia comparado a bolsa de valores

Garantia de que você não vai perder o dinheiro investido, e ainda possui excelentes oportunidades de ganhos de acordo com a valorização.

Ainda, se você souber comprar bem pode garantir uma alta liquidez, como citamos no início do tópico. A liquidez consiste na possibilidade do investidor em transformar o seu ativo em dinheiro sem que ocorra uma perda significativa do seu valor, ou seja, em quanto tempo você consegue re-vender o seu imóvel e fazer dinheiro com ele.

Então, para fazer um bom negócio você precisa ficar de olho nas oportunidades que o mercado oferece, como comprar determinado imóvel por um valor mais baixo e oferecer um preço justo para a revenda. Desse modo você consegue vender com agilidade e garante uma alta lucratividade – posicionamento estratégico que permite maximizar os ganhos

Conte com o atendimento especializado da UNE

Por isso, adquirir imóveis é altamente indicado para potencializar seus ganhos, fugindo das incertezas da Bolsa. Você pode contar com a ajuda do seu consultor UNE para ter a certeza de que estará fazendo um bom negócio, ele está apto para lhe oferecer um atendimento com excelência em busca dos melhores resultados para o seu investimento.

Na UNE, você encontra uma equipe de profissionais altamente capacitados para lhe ajudar a encontrar o melhor negócio para você, inclusive, nós possuímos um forte relacionamento com grandes construtoras do mercado, o que nos permite estar sempre por dentro dos novos lançamentos imobiliários, que oferecem grandes vantagens para investidores. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se e receba as informações exclusivas desse lançamento no Parque UNA

Arquiteta e Urbanista e Especialista em Arquitetura de Interiores. Atualmente realiza seus trabalhos em Pelotas e em Porto Alegre. Desenvolve seus trabalhos com conhecimento técnico, responsabilidade e dedicação. Mas acredita que a arquitetura vai além do espaço, e que está diretamente ligada às sensações, comportamentos e sentimentos. Onde cabe ao profissional personalizar a essência do usuário e qualificar o espaço. Considera um privilégio fazer parte de cada história e ver cada traço do projeto saindo do papel exatamente da forma que foi planejada por ela!
Arquiteta e Urbanista formada pela Universidade Católica de Pelotas – UCPel, com 7 anos de experiência em Projetos de Interiores, Arquitetônicos e Paisagismo. Hoje, também atua com trabalhos de consultorias e mentoria em arquitetura, laudos técnicos e acompanhamentos de obra. Além disso, é empreendedora e cofundadora do projeto Elo Colaborativo, colunista da Revista Toda Casa e tem forte atuação nas redes sociais com criação de conteúdos para arquitetura.
Formada pela UCPEL em Arquitetura e Urbanismo no ano de 2008 e com especialização em Eng. de Segurança, a arquiteta Lilian Sampaio atua no mercado de Arquitetura Residencial e Comercial com ênfase em Projetos de Interiores, tendo como conceito para seu processo criativo a “Arquitetura Sinestésica”, que busca estimular o inconsciente e o despertar de sensações.
Graduada pela UCPEL, no ano de 2013, iniciou carreira profissional trabalhando com outros Arquitetos, com eles adquiriu muita experiência e aprendizado, estagiou desde cedo, porque acreditava que era através do dia a dia que aprenderia a verdadeira Arquitetura. Em um dos escritórios, o que passou a maior parte da vida acadêmica, foi estagiária e logo após formada foi contratada, dois anos depois foi convidada a ser sócia. No ano de 2017 iniciou sua jornada, colocando sua marca nos Projetos, estando a frente do seu escritório, o EADK (Estúdio de Arquitetura e Design), e assim, vem ganhando cada vez mais espaço. No momento desenvolve projetos de Arquitetura Residencial, Projetos e Design de interiores (residencial e comercial) e reformas, atua na cidade de Pelotas e Santa Vitória do Palmar (cidade Natal).

Joana Rocha é arquiteta e design de interiores. Formada pela Universidade Católica de Pelotas e pós -graduanda pelo Ipog de Porto Alegre. Ama trabalhar com criação e transformação de espaços. No ponto de vista de Joana a arquitetura é capaz de transformar a vida das pessoas, pois ela está presente no cotidiano de todos.  Além disso, acredita que a arquitetura, o  design e a arte, andam de  mãos dadas e são inseparáveis.

Um espaço bem pensado de acordo com o estilo de vida, personalidade dos usuários faz toda a diferença.

Atua em arquitetura de interiores, projeto arquitetônico, paisagismo e regularizações, também trabalha com arquitetura modular.

Há 17 anos formada na UFPEL, começou fazendo um pouco de tudo em um escritório em Poa no ano de 2003, depois trabalhou com Stands e também atuou no mercado de móveis planejados, desde 2013 em Pelotas atua fortemente com projetos comerciais, reforma de interiores e alguns projetos arquitetônicos.

Formou-se na Universidade Católica de Pelotas em 2010. Trabalha nas áreas de arquitetura e execução para arquitetônicos, interiores, paisagismos, decorações, consultorias e regularizações, tanto na área residencial, como na área comercial e institucional. O atendimento diferenciado, personalizado, proporciona a interatividade entre a arquiteta e o cliente, fazendo projetos adequados à necessidade de cada um.

Atua há 15 anos com projeto e execução de ambientes comerciais, residenciais, interiores e paisagismo. Sua formação em Arquitetura e Urbanismo, pela UFPEL, foi complementada por uma especialização em construção civil, pelo NORIE / UFRGS, e posteriormente pelo mestrado em Arquitetura e Urbanismo na área da Percepção Ambiental com foco em habitação e envelhecimento. No seu trabalho desenvolve soluções para as diferentes fases da vida: nascimento, infância, adolescência, fase adulta e envelhecimento. Seu propósito é traduzir os desejos dos clientes em ambientes que valorizem a estética e funcionalidade, mas acima de tudo, que tragam bem estar e representem a personalidade de quem irá usar o lugar.

Andréa Buss Tessaro, paranaense, mora há 15 anos em Pelotas, formada pela Ucpel em fevereiro de 2016 em Arquitetura e Urbanismo, atuando desde então em escritório próprio. Hoje seu escritório é localizado no Parque Una, no container 29. 

Atua em arquitetura de interiores, projeto arquitetônico, paisagismo e regularizações, também trabalha com arquitetura modular.

Arquiteta Tamara Janovik Trabalha nas áreas de arquitetura e execução para projetos arquitetônicos, interiores, paisagismos, consultorias e regularizações. Sua meta é desenvolver projetos exclusivos para cada cliente, proporcionando beleza, conforto e praticidade.