Sair do aluguel em 2020: confira 5 incríveis motivos aqui

Sair do aluguel em 2020: confira 5 incríveis motivos aqui

Início de novo ano é época de traçar planos e estabelecer objetivos. Que tal em 2020, finalmente, sair do aluguel e realizar o sonho de morar em sua casa própria? Se você está em dúvida se vale a pena fazer um esforço para adquirir seu primeiro imóvel, confira neste post por que esta pode ser a sua melhor decisão neste ano.

E se você acha que ainda não tem condições de dar este importante passo, separei algumas dicas para você realizar o desejo de ser o dono do seu lar e não depender mais do aluguel. Confira!

Por que vale a pena o esforço?

Não faltam bons motivos para investir no projeto de comprar sua própria casa e sair do aluguel. E não são apenas questões financeiras. Um imóvel próprio, além de segurança e estabilidade, também traz realização pessoal e uma garantia de tranquilidade à sua família.

Mesmo que as notícias sobre a economia do país não sejam as mais animadoras, o investimento no seu imóvel próprio sempre é uma boa pedida. Além de realizar o sonho de sua família, com o tempo você verá que, financeiramente, esta é a melhor opção. Veja por que é importante deixar de ser um locatário para ser proprietário do seu lar.

1. Aluguel é uma despesa sem retorno

Essa é uma verdade que todo o locatário comprova a cada final de mês. Aquele montante pago pelo aluguel do imóvel não retorna de nenhuma forma para o seu bolso no futuro. Ao contrário de um financiamento, por exemplo, onde a cada mês, você adquire uma nova fração da sua casa.

2. Comprar um imóvel é investir no seu próprio patrimônio

Adquirir um imóvel próprio significa direcionar suas economias para a formação do seu próprio patrimônio, para algo realmente seu. Independentemente do que acontecer, você e sua família terão a garantia de serem proprietários de um bem de alta valorização.

Um imóvel é algo que não perde valor com facilidade e o mercado imobiliário é um dos que melhor resistem às crises econômicas pelas quais o país passa. Isso é uma garantia de segurança.

3. Sendo proprietário, você define o que fazer em sua casa

Você pode até adorar o imóvel alugado em que vive, mas se considerar adequado realizar qualquer tipo de reforma ou adequação para deixá-lo ainda melhor, não poderá fazer nada sem a anuência do proprietário. Ele terá que autorizar qualquer alteração ou melhoria na casa ou apartamento.

Além de não ter autonomia, você poderá perder o investimento realizado quando tiver que devolver o imóvel alugado. Quando se trata da sua casa própria isso não acontece. As benfeitorias vão se integrar ao seu patrimônio valorizando ainda mais o imóvel.

4. O imóvel próprio representa segurança patrimonial

Quando se mora de aluguel, vive-se em constante risco. Caso o proprietário solicite a devolução do imóvel, você não tem alternativa senão procurar outro. Dependendo das condições do mercado, pode ser que não se encontre um imóvel semelhante, tanto em infraestrutura quanto em valores.

E, no caso de uma emergência, como a perda do emprego, por exemplo, tudo ficaria ainda mais complicado. Morando em seu próprio imóvel você tem tranquilidade para superar estes momentos sem colocar sua família em risco.

5. Aluguel representa burocracia

Quem mora de aluguel sabe o quanto há de burocracia envolvida no processo de locação. Aprovação de cadastro, apresentação de fiadores e garantias, assinatura do contrato, enfim, são vários os trâmites que podem gerar dor de cabeça numa locação.

Para entregar um imóvel locado, por exemplo, é preciso pagar a vistoria e desembolsar um valor significante para pintura e possíveis danos causados no espaço, que poderia ser uma parte da entrada da sua casa própria.

A simples manutenção de um problema estrutural pode se transformar em muito incômodo para se providenciar o conserto. Tudo pode ser resolvido de forma mais prática caso você seja o dono de sua própria casa.

Mas como comprar meu primeiro imóvel?

Sair do aluguel pode ser algo mais simples do que você imagina. É claro que comprar um imóvel é uma tarefa importante, de grande impacto especialmente em suas finanças. Mas há opções que podem tornar esse projeto viável e nem tão penoso assim. Confira o que se pode fazer.

Estude os financiamentos

Atualmente, o mercado imobiliário oferece diferentes opções de financiamento para a compra de imóveis. Independentemente da renda do comprador ou do tipo de casa ou apartamento que ele deseja, é possível obter este suporte financeiro.

É importante conhecer as alternativas como crédito bancário e programas como o Minha Casa Minha Vida, por exemplo. Faça simulações para descobrir qual o mais adequado para o seu perfil.

Considere os gastos extras

Ao planejar a compra do seu imóvel, lembre-se de considerar os gastos extras que você terá além do valor pago pela casa ou apartamento. Há despesas com tributos, eventuais reformas e com a própria mudança, entre outras. Contabilize tudo antecipadamente para não ter surpresas.

Organize suas finanças e economize

É claro que uma conquista com a casa própria exige sacrifícios. Para conseguir concretizar essa operação, você terá que ter disciplina financeira, organizar suas despesas e aproveitar ao máximo suas receitas.

Economizar é fundamental. É a única forma de você poder juntar um bom valor para a entrada do negócio e reduzir o custo das parcelas do financiamento.

Capriche na escolha do imóvel

Para quem ainda mora de aluguel, a primeira casa própria não precisa, necessariamente, ser aquela dos sonhos. Inicialmente, concentre-se em deixar de ser um locatário para ser o proprietário de um imóvel.

Assim, escolha uma casa ou apartamento que atenda às suas necessidades, mas que também se adapte às suas possibilidades financeiras. Com o tempo você poderá migrar para um imóvel melhor, mais alinhado com o seu sonho. E a sua primeira casa poderá ser utilizada como parte do negócio, facilitando a transação.

Este post deixou você e sua família mais empolgados para definitivamente sair do aluguel em 2020? Que tal começar o novo ano planejando a compra da sua primeira casa ou apartamento próprio?

Não esqueça que para realizar esta transação, é muito importante contar com o suporte de profissionais especializados no mercado imobiliário, que poderão lhe ajudar a entender todas as etapas da negociação.

Que tal entrar em contato com a Une Zona Norte e descobrir de que forma podemos ajudá-lo a sair do aluguel? Será um grande prazer contribuir para a realização do seu sonho!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se e receba as informações exclusivas desse lançamento no Parque UNA

Arquiteta e Urbanista e Especialista em Arquitetura de Interiores. Atualmente realiza seus trabalhos em Pelotas e em Porto Alegre. Desenvolve seus trabalhos com conhecimento técnico, responsabilidade e dedicação. Mas acredita que a arquitetura vai além do espaço, e que está diretamente ligada às sensações, comportamentos e sentimentos. Onde cabe ao profissional personalizar a essência do usuário e qualificar o espaço. Considera um privilégio fazer parte de cada história e ver cada traço do projeto saindo do papel exatamente da forma que foi planejada por ela!
Arquiteta e Urbanista formada pela Universidade Católica de Pelotas – UCPel, com 7 anos de experiência em Projetos de Interiores, Arquitetônicos e Paisagismo. Hoje, também atua com trabalhos de consultorias e mentoria em arquitetura, laudos técnicos e acompanhamentos de obra. Além disso, é empreendedora e cofundadora do projeto Elo Colaborativo, colunista da Revista Toda Casa e tem forte atuação nas redes sociais com criação de conteúdos para arquitetura.
Formada pela UCPEL em Arquitetura e Urbanismo no ano de 2008 e com especialização em Eng. de Segurança, a arquiteta Lilian Sampaio atua no mercado de Arquitetura Residencial e Comercial com ênfase em Projetos de Interiores, tendo como conceito para seu processo criativo a “Arquitetura Sinestésica”, que busca estimular o inconsciente e o despertar de sensações.
Graduada pela UCPEL, no ano de 2013, iniciou carreira profissional trabalhando com outros Arquitetos, com eles adquiriu muita experiência e aprendizado, estagiou desde cedo, porque acreditava que era através do dia a dia que aprenderia a verdadeira Arquitetura. Em um dos escritórios, o que passou a maior parte da vida acadêmica, foi estagiária e logo após formada foi contratada, dois anos depois foi convidada a ser sócia. No ano de 2017 iniciou sua jornada, colocando sua marca nos Projetos, estando a frente do seu escritório, o EADK (Estúdio de Arquitetura e Design), e assim, vem ganhando cada vez mais espaço. No momento desenvolve projetos de Arquitetura Residencial, Projetos e Design de interiores (residencial e comercial) e reformas, atua na cidade de Pelotas e Santa Vitória do Palmar (cidade Natal).

Joana Rocha é arquiteta e design de interiores. Formada pela Universidade Católica de Pelotas e pós -graduanda pelo Ipog de Porto Alegre. Ama trabalhar com criação e transformação de espaços. No ponto de vista de Joana a arquitetura é capaz de transformar a vida das pessoas, pois ela está presente no cotidiano de todos.  Além disso, acredita que a arquitetura, o  design e a arte, andam de  mãos dadas e são inseparáveis.

Um espaço bem pensado de acordo com o estilo de vida, personalidade dos usuários faz toda a diferença.

Atua em arquitetura de interiores, projeto arquitetônico, paisagismo e regularizações, também trabalha com arquitetura modular.

Há 17 anos formada na UFPEL, começou fazendo um pouco de tudo em um escritório em Poa no ano de 2003, depois trabalhou com Stands e também atuou no mercado de móveis planejados, desde 2013 em Pelotas atua fortemente com projetos comerciais, reforma de interiores e alguns projetos arquitetônicos.

Formou-se na Universidade Católica de Pelotas em 2010. Trabalha nas áreas de arquitetura e execução para arquitetônicos, interiores, paisagismos, decorações, consultorias e regularizações, tanto na área residencial, como na área comercial e institucional. O atendimento diferenciado, personalizado, proporciona a interatividade entre a arquiteta e o cliente, fazendo projetos adequados à necessidade de cada um.

Atua há 15 anos com projeto e execução de ambientes comerciais, residenciais, interiores e paisagismo. Sua formação em Arquitetura e Urbanismo, pela UFPEL, foi complementada por uma especialização em construção civil, pelo NORIE / UFRGS, e posteriormente pelo mestrado em Arquitetura e Urbanismo na área da Percepção Ambiental com foco em habitação e envelhecimento. No seu trabalho desenvolve soluções para as diferentes fases da vida: nascimento, infância, adolescência, fase adulta e envelhecimento. Seu propósito é traduzir os desejos dos clientes em ambientes que valorizem a estética e funcionalidade, mas acima de tudo, que tragam bem estar e representem a personalidade de quem irá usar o lugar.

Andréa Buss Tessaro, paranaense, mora há 15 anos em Pelotas, formada pela Ucpel em fevereiro de 2016 em Arquitetura e Urbanismo, atuando desde então em escritório próprio. Hoje seu escritório é localizado no Parque Una, no container 29. 

Atua em arquitetura de interiores, projeto arquitetônico, paisagismo e regularizações, também trabalha com arquitetura modular.

Arquiteta Tamara Janovik Trabalha nas áreas de arquitetura e execução para projetos arquitetônicos, interiores, paisagismos, consultorias e regularizações. Sua meta é desenvolver projetos exclusivos para cada cliente, proporcionando beleza, conforto e praticidade.